Rio de Janeiro, 24 de setembro de 2017.
Obrigatórias


Desenvolvimento e Planejamento Territorial

Ementa:

A reemergência dos estudos regionais. Geopolítica e geoeconomia e o desenvolvimento regional desigual em variadas escalas espaciais. Globalização X Fronteiras Territoriais. Políticas de Desenvolvimento Regional em uma Economia Globalizada. Insuficiências teóricas e novos desafios. A questão regional brasileira.

 


Integração Regional, Inovação e Internacionalização

Ementa:

Transformações no padrão científico-tecnológico. Reestruturação produtiva. Inovação e competitividade. Fontes de inovação. Fragmentação das cadeias produtivas. Gestão da inovação. O papel do estado e suas políticas. Teoria da integração regional. MERCOSUL. Nafta e União Européia. Formas de internacionalização da produção: comercio, investimento direto estrangeiro e relações contratuais. O papel da Organização Mundial do Comercio. Negociações Internacionais.

 


Economia e Sociedade Brasileira Contemporânea

Ementa:

As mudanças no contexto internacional a partir da segunda metade do século XX e seus impactos na economia brasileira. Uma comparação dos modelos econômicos adotados no Brasil. As experiências dos planos econômicos ortodoxos e heterodoxos aplicados na economia brasileira nas últimas décadas. O plano real e suas conseqüências positivas e negativas para a economia brasileira. A economia brasileira diante dos efeitos da crise externa de 2008. Tendências e perspectivas para a economia brasileira.

 


 Arranjos Produtivos Locais e Desenvolvimento Local

Ementa:

Apresentar e discutir os conceitos de APLs- Arranjos Produtivos Locais, sua formação, planejamento, governança, estruturação em rede entre atores e instituições locais, formação de capital social, relações de interdependência nas analises micro-meso-macroeconômicas . Apresentar e discutir os conceitos de Desenvolvimento local em sua análises multidimensionais social, econômica, política, ambiental, científico-tecnológica, institucional, territorial. Relacionar os conceitos APL-Desenvolvimento local.

 


Desenvolvimento Territorial Sustentável

Ementa:

Concepção de Território e Poder. Abordagens e entendimentos de território e territorialidade. . Desenvolvimento Sustentável, Coesão social, coesão territorial, governabilidade, sustentabilidade, inclusão econômica, bem estar. A relação território, rede e desenvolvimento em estudos interdisciplinares.

 


Metodologia de Pesquisa e Desenvolvimento de Projeto

Ementa:

Ciência e senso comum: conceituação e características. Teoria do Conhecimento e suas aplicações em uma pesquisa. Elaboração de projeto de dissertação: problemática (contexto, problema, objetivos, suposições delimitações, justificativas, termos); Referencial Teórico (organização das teorias norteadoras da analise); aspectos metodológicos (tipologias de pesquisas: qualitativa, quantitativa e quali-quantitativa; abordagens fins: teórica, metodológica, empírica, prática, estudo de caso, survey, censo; meios de coleta de dados, formas tratamento de dados, etc…). Normas técnicas ABNT para elaboração de trabalhos científicos.

 


Desenvolvimento Rural e Políticas Públicas no Brasil

Ementa: 

O conceito de desenvolvimento rural e suas distintas interpretações. As diferentes abordagens teóricas sobre o desenvolvimento rural. As políticas públicas e os processos de desenvolvimento rural no Brasil. Os instrumentos metodológicos de planejamento do desenvolvimento rural sustentável.

 


Sustentabilidade Ambiental Urbana 

Ementa:

A disciplina objetiva oferecer aos alunos os conhecimentos necessários para o entendimento da temática da Sustentabilidade Ambiental Urbana, através da análise do problema global das mudanças climáticas, o qual já pode ser hoje observado localmente nas grandes aglomerações humanas, onde o crescimento populacional se dá de forma acelerada e cujo uso e ocupação do solo, que se dá de forma desordenada, e que resulta em impactos adversos, afetando a qualidade de vida da população ali existente. O adensamento das cidades resulta no incremento de construções de edifícios e vias, derivando na conseqüente impermeabilização do solo urbano onde, muitas vezes, este processo se dá em detrimento da área verde existente, alterando o clima local, entre outros aspectos. Dessa alteração climática, por sua vez, decorrem eventos de chuvas intensas ou sua ausência completa, cujo quadro é agravado pelo surgimento do fenômeno de ilhas de calor e poluição atmosférica. No sentido de adaptar as cidades, ou partes mais vulneráveis destas, para o adequado enfrentamento às mudanças climáticas, faz-se premente a adoção de técnicas que contribuam para a melhora do mesoclima das cidades, tornando-as mais próprias para o desenvolvimento adequado das funções de seus cidadãos.

 


Orientação de Dissertação I

Ementa: 

Elaborada com o orientador de dissertação em consonância com o seu projeto de pesquisa e respectiva linha de pesquisa do programa. Ao termino desta disciplina o discente deverá homologar o seu projeto de pesquisa em uma banca constituída por professores do programa.

 


Orientação de Dissertação II

Ementa: 

Após homologar o projeto de pesquisa como resultado da disciplina Orientação de Dissertação I, em Oorientação de dissertação II, o discente deverá elaborar sua pesquisa de campo e tratamento de dados para posterior defesa de dissertação.

+ notícias
© 2012 - UFRRJ | Créditos Coinfo
Desenvolvedor: COINFO
E-mail: coinfosuporte@ufrrj.br