Instituto de Medicina Veterinária
Busca

Classificação

Império Eukaryota Corliss, 1994
Reino Protozoa Goldfuss, 1818
Filo Apicomplexa Levine, 1970
Classe Coccidea Leuckart, 1879
Ordem Eimeriida Leger, 1911
Família Sarcocystidae Poche, 1913
Subfamília Sarcocystinae Poche, 1913
Gênero Sarcocystis Lankester, 1882
Subfamília Toxoplasmatinae Biocca, 1956
Gênero Toxoplasma Nicolle & Manceaux, 1908
Gênero Hammondia Frenkel & Dubel, 1975
Subfamília Cystoisosporinae Smith, 1981
Gênero Cystoisospora Frenkel, 1977

Família Sarcocystidae
Poche, 1913

Heteroxenos obrigatórios ou facultativos. Oocistos esporulados com dois esporocistos, cada um com quatro esporozoítos; esporogonia no intestino do hospedeiro definitivo ou no meio ambiente; estádios assexuados no hospedeiro intermediário.

Subfamília Sarcocystinae
Poche, 1913

Heteroxenos obrigatórios;
Multiplicação assexuada no hospedeiro intermediário com a última geração de merontes formando metrócitos (células mães) que dão origem aos bradizoítos (encontrados em cistos polizóicos), estádio infectante para o hospedeiro definitivo. Esporogonia no hospedeiro definitivo.

Gênero Sarcocystis
Lankester, 1882

Última geração de merontes formando cisto na musculatura estriada esquelética ou cardíaca. Espessura da parede cística e forma do cisto variam com a espécie.

Oocisto esporulado de forma alongada, parede delgada, cada um contendo quatro esporozoítos.

Subfamília Toxoplasmatinae
Biocca, 1956

Heteroxenos facultativos ou obrigatórios. Estádios assexuais usualmente transmissíveis de um hospedeiro intermediário para outro;
Não há formação de metrócitos;
Esporogonia no meio ambiente. Cistos polizóicos.

Gênero Toxoplasma
Nicolle & Manceaux, 1908

No hospedeiro multiplicam-se em uma variedade de células e encistam-se em vários tecidos, formando cistos polizoícos (fase de bradizoítos). Bradizoítos, taquizoítos e esporozoítos são infectantes para ambos hospedeiros (intermediário e definitivo). A infecção pode também ocorre pela via congênita.

Taquizoítos em forma de crescente, núcleo mais ou menos central; agrupados no citoplasma de células do sistema fagocítico mononuclear ou livres nos líquidos tissulares.

Cistos esféricos, subesféricos ou alongados, não septados, contendo bradizoítos; localizados em células do sistema nervoso central ou em outras vísceras.

Gênero Hammondia Frenkel & Dubel, 1975

Parasitos heteroxenos obrigatórios, formam cistos polizóicos em musculatura esquelética, cardíaca e raramente no sistema nervoso central.

 

Oocisto não esporulado com formato subesférico, esporoblasto, em geral, ocupando todo o oocisto.

Oocisto esporulado com formato subesférico, com dois esporocistos que contém cada um quatro esporozoítos.

Subfamília Cystoisosporinae
Smith, 1981

Heteroxenos facultativos, cistos monozóicos contendo bradizoíto (hipnozoíto), esporogonia usualmente no meio ambiente.

Gênero Cystoisospora
Frenkel, 1977

Cistos monozóicos em tecidos linfóides de vários órgãos; esporogonia usualmente fora do hospedeiro; oocistos esporulados são capazes de infectar ambos os hospedeiros, intermediário e definitivo.

Macrogametócitos esféricos ou subesféricos; núcleo desenvolvido com localização central;
Citoplasma com aparência levemente reticulada.


© 2011 - IV - UFRRJ | Créditos
COTIC