Instituto de Medicina Veterinária
Busca

 

CLASSIFICAÇÃO

Ordem Rhabditida Chitwood, 1933
Superfamília Rhabditoidea Travassos, 1920
Família Strongyloididae Chitwood & McIntosh, 1934
Gênero Strongyloides Grassi, 1879


 

Superfamília Rhabditoidea
 Travassos, 1920

Possuem espécies predominantemente de vida livre, as espécies com vida parasítica têm ciclo vital direto, podendo ser intercalado com ciclo de vida livre. Fêmea parasítica (partenogenética) com ovijetor pouco desenvolvido, vagina transversa e com esfíncter pouco desenvolvido.


 

Ordem Rhabditida
 Chitwood, 1933

Nematóides de pequeno porte; adultos de vida livre ou parasitária; boca com lábios pequenos; cavidade bucal pequena; esôfago com pequeno bulbo no corpo, istmo e bulbo posterior (rabditiforme) ou filariforme. Fêmea com cauda cônica; vulva usualmente transversa e não musculosa. Macho com ou sem asas caudais, e quando presentes com papilas, espículos usualmente presentes.


 

Família Strongyloididae
 Chitwood & McIntosh, 1934

Fêmea partenogenética têm esôfago cilíndrico e em geral longo. Geração parasitária alternada com geração de vida livre, esta com macho e fêmea possuindo esôfago rabditiforme.


 

Strongyloides 
  Grassi, 1879

Fêmea partenogenética com a boca circundada por seis lábios pequenos; cavidade bucal reduzida e sem dentes; esôfago cilíndrico e longo tendo aproximadamente 1/3 do comprimento do corpo; vulva no ¼ posterior do corpo; cauda cônica.

Espécies parasitas do intestino delgado.



© 2011 - IV - UFRRJ | Créditos
COTIC