Publicações

Este espaço é destinado para divulgação de livros, artigos e demais publicações realizadas por nossos docentes e técnicos-administrativos.

Para divulgar o seu trabalho, envie as informações para dagctur.ufrrj@gmail.com .

 

  • Adriana Maria Loureiro

“Estudando com comunidades tradicionais a partir do olhar da teoria Ator-rede: o caminho metodológico de uma proposta de tese” – O objetivo deste trabalho, mais do que apresentar uma pesquisa doutoral, é apresentar a trajetória de um projeto de pesquisa que nasceu dualista e que se modificou a partir do encontro com a teoria Ator-rede. A proposta inicial visava ao estudo, sob a ótica decolonial, de um curso técnico em Meio Ambiente EaD ofertado pelo IFNMG ao povo Xakriabá (MG), mas houve o entendimento de que tal referencial reforçaria a dicotomia opressor/oprimido. Ao optar pelo procedimento teórico-metodológico de seguir os atores, sem criar expectativas em relação a eles, percebemos a condição de realizar um trabalho verdadeiramente político. Vivendo ainda sob o domínio da ciência que especializa, que faz recortes e traz para as humanidades a visão da bancada do laboratório, este trabalho traz a percepção de que há uma outra forma de fazer ciência com povos tradicionais. A composição de um relato ANT – objetivo final da pesquisa – pretende ser uma forma de produzir – 2 – Revista Vozes dos Vales – UFVJM – MG – Brasil – Nº 15 – Ano VIII – 05/2019 Reg.: 120.2.095–2011 – UFVJM – QUALIS/CAPES – LATINDEX – ISSN: 2238-6424 – www.ufvjm.edu.br/vozes conhecimento sobre os Xakriabá, povo cujas terras ocupam uma área na região Norte do Estado de Minas Gerais, e compartilhar com a sociedade aquilo que o campo revelar sobre esses indígenas e seus saberes.

Link para acessar: Estudando com comunidades tradicionais a partir do olhar da teoria Ator-rede: o caminho metodológico de uma proposta de tese.

     

     

  • Alex Braz de Iacone Santos

A produção de revistas passatempo como estratégia lúdica de ensino pelo grupo de pesquisa “CTURIANDO – aprendendo brincando”, composto por discentes e docentes do Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR), teve início no ano de 2018. O primeiro tema proposto para pesquisa e divulgação foi crimes ambientais. A escolha foi realizada considerando, i) o aniversário de 20 anos da Lei de Crimes Ambientais e ii) a falta de percepção generalizada da sociedade quanto às condutas lesivas ao meio ambiente e suas consequências.

Link para acessar:  CTURIANDO – Aprendendo Brincando

 

 

  • Beatrice Cavalcante Limoeiro

“Uma sociedade para todas as idades: Centro Dia e Centro de Convivência para idosos em Campo Grande, Rio de Janeiro” – Segundo volume da série “Envelhecimento & Saúde”, coordenada pela antropóloga Mirian Goldenberg, o livro descreve e analisa programas públicos voltados a população idosa de um hospital estadual localizado em Campo Grande, Rio de Janeiro. Neste, pessoas com 60 anos ou mais participam de atividades que têm por objetivo prevenir e promover a saúde das mesmas, assim como estimular o lazer e a sociabilidade. Embora se apresente como uma alternativa de cuidado, prevenção e sociabilidade, e apresente inovações a respeito da saúde, bem- estar e qualidade de vida para a pessoa idosa, a perspectiva biológica sobre a saúde acaba predominando. As divergências entre o que o idoso espera e deseja do programa e aquilo que os profissionais consideram adequado, gera conflitos e diferentes concepções sobre o que seria um bom envelhecimento.

Link para adquirir: Uma sociedade para todas as idades: Centro Dia e Centro de Convivência para idosos em Campo Grande, Rio de Janeiro.

 

 

  • Geny Ferreira Guimarães

Cadernos CESPUC: Série Ensaios – Artigo publicado no Periódico Cadernos CESPUC (PUC-Minas) apresenta uma iniciativa de Geny Ferreira Guimarães em trabalhar a interdisciplinaridade da Geografia com a Literatura para pensar lugares e as da Literatura com a Geografia para localizar pensamentos por meio de Literaturas Africanas e negro-brasileiras apresentado no artigo Geoesias: as poesias africanas das poesias. 

>Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/ index.php/cadernoscespuc/ issue/view/636

Griots: Cultura Africana – Coletânea resultado da escrita de dezenas de pares de mãos de pesquisadores de todo o Brasil. Em seu conteúdo é possível encontrar literatura e análises literárias, cultura, artes, tradições memórias dos vários cantos da África e Diáspora Africana, mas também escritas sobre preconceitos, violências e racismo. No artigo escrito por Geny Ferreira Guimarães, a autora apresenta o Rio de Janeiro pelo olhar de Machado de Assis e Éle Semog, um encontro dos séculos XIX e XX/XXI sob a perspectiva de dois escritores que pensaram a cidade por uma perspectiva negra. O artigo intitula-se: Rio de Janeiro: de Machado de Assis e de Éle Semog. Quando o olhar geográfico é preenchido por contos e poéticas.

>Disponível em: http://www.cchla.ufrn.br/ publicacoes/griots_ completo2012_v2.pdf

Onde estaes felicidade? – Resumo: Este livro foi publicado no ano de centenário de nascimento de Carolina Maria de Jesus, em 2014. Uma homenagem à escritora que revolucionou a Literatura Brasileira com sua escrita forte e consciente de seu poder de mudar a sociedade. A obra conta com dois contos inéditos de Carolina de Jesus e sete ensaios de pesquisadores sobre sua vida e obra. Esta coletânea foi publicada pela Fundação Palmares e Editora Me Parió Revolução e pode ser encontrada impressa (pedidos feitos à Fundação Palmares) ou digital pelo site Letraria. Geny Ferreira Guimarães apresenta o ensaio Até onde Carolina nos leva com seu pensamento? Ao poder.

>Disponível em: http://www.letraria.net/ site/wp-content/uploads/2016/ 01/Onde-estaes-Felicidade-e- book-Letraria.pdf