Ler na Escola: Formação de Mediadores de Leitura no Ensino Médio

Acreditamos que a leitura fornece e consolida o pensamento analítico, contribuindo para a emancipação ideológica do sujeito, potencializando sua condição cidadã e humana e formando indivíduos preocupados consigo mesmo e o entorno. Nesse sentido, aprendizagens de leitura comprometidas com o desenvolvimento social, estético e humano dos envolvidos nessa prática necessitam de ações pedagógicas que visem instituir interligações com o cotidiano, ampliando a concepção de mundo. Visando uma atitude emancipatória de trabalho com a obra literária, o projeto pretende que aos alunos dialoguem com os textos, recuperando os conhecimentos previamente adquiridos em sua relação com o mundo exterior e adicionem o desejo de agrupar novos por meio de uma leitura atraente. De tal modo que, nas estratégias de leitura que adotaremos serão incutidas as escolhas dos alunos e atitudes de leitura diante do texto literário. Uma das ações que desenvolveremos no projeto será, por meio de uma formação prévia, a realização de rodas de leitura de alunos para alunos, ou seja, os alunos do CTUR tornar-se-ão agentes de leitura para alunos do último ano do segundo segmento do Ensino Fundamental do Município de Seropédica. Os alunos que serão futuros mediadores de leitura receberão previamente formação para a realização das rodas de leitura. Nesse sentido, a figura do mediador de leitura entre o aluno e o livro receberá atenção especializada baseada em conteúdos previamente escolhidos, nas áreas de leitura e liderança, para que, no momento do encontro com os alunos-ouvintes, possam ter as habilidades necessárias para a realização da leitura dos textos.

Ler na Escola: Formação de Mediadores de Leitura no Ensino Médio

  

Leonardo Barros Medeiros