projeto-de-georreferenciamento

projeto_de_georreferenciamento_em_colorado_7O Núcleo de Extensão em Desenvolvimento Territorial (Nedet) do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Campus Colorado do Oeste, está realizando projeto de georreferenciamento. O trabalho tem parceria com pesquisador da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e faz parte do trabalho do Nedet em retratar os Vales dos Rios Guaporé e Machado em seus diversos perfis e características socioambientais, econômicas e culturais. O estudo será usado para promover processos de acesso, uso sustentável, gestão, manejo, recomposição e conservação dos recursos naturais e ecossistemas em geral nesses dois Territórios.

Entre os dias 7 e 12 de abril de 2017 os professores Aurélio Ferreira (IFRO) e Valdemir Durigon (UFRRJ) realizaram a coleta de pontos com coordenadas geográficas conhecidas para fazer o georreferenciamento das imagens de satélite. Esses dados serão utilizados no estudo da densidade de vegetação e do tipo de cobertura vegetal de dois Territórios rondonienses: o Território Rural Vale do Guaporé-RO (TRVG) e o Território da Cidadania Rio Machado-RO (TCRM).

Segundo Valdemir Durigon a pesquisa também pretende apresentar matérias científicas que abordem temas de descobertas ligadas a vários projeto_de_georreferenciamento_em_colorado_6campos científicos em parceria com grandes universidades internacionais e brasileiras. “Existe a possibilidade de se aplicar os raciocínios elaborados, por semelhança ou comparação, ao conteúdo científico e cultural desenvolvido pelo IFRO, pela UFRRJ e pela Universidade de Paris III. Esses raciocínios podem ser utilizados no reconhecimento da identidade sociocultural, no aprimoramento da organização social e na garantia dos direitos de povos e comunidades tradicionais e de agricultoras familiares das águas e das florestas”, aponta o professor.

Aurélio Ferreira explica que a Universidade de Paris III, de maneira informal, fornece apoio científico e tecnológico para a avaliação dos dados e realiza eventos acadêmicos na França, para os quais os pesquisadores são convidados a apresentar os resultados obtidos. “Esse é mais um capítulo importante na tradicional e exitosa história de parcerias entre o IFRO e a Europa”, destaca.

O Nedet do Campus Colorado do Oeste é financiado pelo CNPq e pelo IFRO. O Nedet atua no desenvolvimento dos pressupostos teóricos e práticos do Programa Territórios da Cidadania. “Este programa objetiva a superação da pobreza e efetiva-se com a geração de trabalho e

projeto_de_georreferenciamento_em_colorado_5renda, a partir dos territórios rurais e da cidadania”, ressalta Aurélio Ferreira. Ainda segundo ele, essa política se concretiza por meio de estratégias de desenvolvimento territorial sustentável. “Estas atuações são realizadas por meio de projetos planejados para as áreas de educação, cultura, desenvolvimento produtivo, direitos e cidadania”, conclui.

 

Fonte: http://portal.ifro.edu.br/ultimas-noticias/2551-nucleo-de-pesquisa-de-colorado-realiza-projeto-de-georreferenciamento