Pesquisadores do CPDA participam da elaboração do estudo de caso brasileiro

 

 

Foi lançado neste mês de outubro o livro "Políticas Públicas a Favor de la Agroecología en América Latina y El Caribe", organizado pela Red Políticas PúblicaS y Desarollo Rural en América Latina (Red PP-aL), com apoio da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

O trabalho apresenta os resultados de um estudo voltado à análise comparativa de políticas públicas em favor da agroecologia em sete países do continente incluindo: Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Cuba, El Salvador e Nicarágua. A publicação foi organizada pelos pesquisadores Eric Sabourin, Maria Mercedes Patrouilleau, Jean François Le Coq, Luis Vasquez e Paulo Niederle.

O estudo de caso do Brasil foi coordenado por Claudia Schmitt (CPDA/UFRRJ) e Eric Sabourin (CIRAD/UNB), tendo também como autores Paulo Niederle (PGDR/UFRGS), Mário Ávila (PPG-MADER/UNB), Paulo Petersen (AS-PTA), Luciano Silveira (AS-PTA), William Assis (PPGAA/UFPA, Juliano Palm (CPDA/UFRRJ) e Gabriel Fernandes (AS-PTA).

A Rede PP-AL é um dispositivo de investigação colaborativa criado em 2012, por iniciativa do CIRAD e de toda uma rede parcerias, reunindo, atualmente, 110 pesquisadores, entre docentes e doutorandos, em dez países da América Latina. O CPDA participa institucionalmente da rede através do Observatório de Políticas Públicas para a Agricultura (OPPA).

Nucleos movimentossociasnocampo ceresan cinais Ruralidades estudosdoconsumo oppa als MRV