Submissão de artigos para os GTs do VIII Encontro Nacional da ANPPAS

O VIII Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPAS) acontecerá de 8 a 11 de outubro de 2017 em Natal. O prazo para submissão online de artigos completos para os Grupos de Trabalho (GTs) vai até 30 de junho de 2017. Dentre os inúmeros GTs (a lista completa pode ser acessada no link abaixo), encontra-se o ‘GT7: Mercado, Consumo e Sustentabilidade’, coordenado pelos professores Fátima Portilho (CPDA/UFRRJ), João Vicente Ribeiro Barroso da Costa Lima (PPGS/UFAL) e Marcelo Sampaio Carneiro (UFMA).

 

Ementa do  GT7: Mercado, Consumo e Sustentabilidade
Coordenadores: Fátima Portilho (CPDA/UFRRJ), João Vicente Ribeiro Barroso da Costa Lima (PPGS/UFAL) e Marcelo Sampaio Carneiro (UFMA).

O presente GT pretende discutir os resultados de pesquisas relacionadas a dois caminhos de investigação interligados. Por um lado, investiga-se (1) o fenômeno do consumo sustentável conectado a um imbricado de outros fenômenos, como (i) a atuação dos movimentos sociais que vêm constituindo novas formas de ação política na esfera do consumo; (ii) o Estado como indutor de programas de estímulo ao consumo sustentável, além de estratégias de compras públicas sustentáveis; (iii) a mídia, ao informar os consumidores sobre práticas ambientalmente corretas; (iv) as empresas, que adaptam processos produtivos e embalagens, pressionadas por consumidores e movimentos sociais e (v) os cidadãos, que, por vezes, atribuem à prática do consumo sustentável um sentido de participação e engajamento político. Por outro lado, investiga-se (2) as novas dinâmicas institucionais no Brasil e no mundo que denotam uma reestruturação nos duplos Mercado/Sociedade, Estado/Mercado e Sociedade Civil/Mercado, no tocante à discussão e implementação de políticas para a consecução de uma economia e sociedade sustentáveis, em que se discutem (i) os efeitos dos novos instrumentos de regulação sobre as empresas, no tocante à legislação, controle e/ou monitoramento de organismos estatais, como o IBAMA, SEMAs e o Ministério Público; (ii) as dinâmicas que parecem sinalizar a força da sociedade civil, mesmo que difusa, seja na pressão direta, seja na pressão através do consumo sustentável, seja ainda nas estratégias de ligação de indivíduos e ONGs com empresas, impactando as agendas e a governança de empresas e governos. Espera-se que os papers a serem apresentados testem, comprovem ou refutem teorias e suas hipóteses, de maneira a enriquecer o debate sobre o mecanismo mercantil de coordenação econômica do Estado e, ainda, dos limites e possibilidades das ações de consumidores e da sociedade civil organizada no enfrentamento dos complexos problemas ambientais contemporâneos.

  
Lista completa das ementas dos Grupos de Trabalhos (GTs):
http://enanppas2017.com.br/ementas-dos-grupos-de-trabalhos/
 
Mais informações e inscrições em
http://www.enanppas2017.com.br/

Nucleos movimentossociasnocampo ceresan cinais Ruralidades estudosdoconsumo oppa als MRV